terça-feira, 1 de novembro de 2016

Dos problemas...

O problema da vida é fazer-nos viver. É empurrar-nos para a frente. É obrigar-nos a caminhar quando queremos ficar parados. É fazer-nos tropeçar. É fazer-nos levantar, somente para nos fazer cair de novo. Uma e outra vez. 

O problema da vida é fazer-nos errar. É fazer-nos sofrer. Com os nossos erros e com os dos outros. Sobretudo, com os dos outros. É fazer-nos chorar. É deixar-nos sem ar, sem chão. É levar-nos todas as forças. É arrancar-nos a fé. É fazer-nos crer que tudo é negro e difícil.

O problema da vida é ter de ser vivida quando tudo o que mais queríamos era ficar inertes. É não nos deixar fugir de mais quedas e sofrimentos. É não nos permitir um segundo de descanso para recuperar o fôlego.

O problema da vida é não parar. É ser um comboio em movimento, com entradas e saídas em andamento. Que não quer saber de nós, dos nossos percalços, dos nossos atrasos.

O problema da vida é ter tanto de morte.

Sem comentários:

Enviar um comentário