sábado, 12 de novembro de 2016

Das coisas que me fazem rir...

Eu lido muito mal com o cansaço. Felizmente, ao longo dos anos, fui-me apercebendo disso e fui aprendendo a ler os sinais. O cansaço deixa-me particularmente instável, descompensada, emocionalmente desequilibrada, até.

E ontem eu estava particularmente cansada.

E ontem eu tive um dia particularmente difícil.

E esta combinação maravilhosa produziu um resultado maravilhoso.

O curioso e irónico nesta situação, é que o que ensombrou o meu dia de ontem, foi algo que há uns anos atrás talvez não me afectasse minimamente.

É curiosa a evolução que fazemos ao longo da vida, a forma como mudamos, os sonhos que temos e deixamos de ter.

Ontem ouvi, mais uma vez, a conversa sobre a necessidade de me despachar, se quero ter filhos. A conversa sobre possíveis complicações. A conversa sobre poder não conseguir engravidar (como se não tivesse já passado quase um ano da minha vida a tentar). A conversa sobre poder ter gravidezes não evolutivas. A conversa do costume. A pressão do costume.

Sim, eu gostava de ter filhos um dia. Apesar de ter passado a maior parte da minha vida a dizer que não os queria. Mas eu gostava de os ter num determinado contexto. Contexto esse que não existe neste momento e que, por vezes, duvido que volte a existir em tempo útil. Tudo isso me assusta, me deprime, me faz questionar o que ando aqui a fazer. Nada do que é a minha vida, corresponde ao que tinha planeado para ela, e há momentos em que tenho dificuldade em lidar com isso. Muita.

E eu já dramatizo e deprimo com a minha vida quanto baste. Não preciso que atirem mais achas para a fogueira.

Agradecida.

8 comentários:

  1. O teu tempo, és tu quem o organiza.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste caso, é o meu corpo que o organiza :)

      (o que torna tudo mais frustrante e difícil de gerir... ao mesmo tempo que torna tudo mais tranquilo, porque não está, mesmo, nas minhas mãos...)

      Eliminar
    2. Existem muitos caminhos para se chegar à mesma meta...

      Eliminar
  2. Li o título, mas fiquei desapontado com o conteúdo. Achei que ias falar de outras coisas que fazem rir. Desculpa. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rir para não chorar :) (mas chorar na mesma... ahahaha)

      Eliminar
  3. As pessoas têm sempre que meter o bedelho em tudo. CREDO!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito que não tenha sido por mal.. Só há dias em que afecta mais!

      Eliminar