sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Das corridas... - X


Ontem foi dia (noite?) de mais uma corrida. Desta vez: B2RUN Lisboa.

Foi a primeira edição desta corrida em Lisboa, mas a mesma já decorre em diferentes cidades por esse mundo fora há bastante tempo.

Conseguimos juntar um grupo pequeno mas animado aqui no trabalho e lá fomos nós, com corredores e fãs.

Tinha definido um objectivo e não o cumpri. Mas não o cumpri por opção, não por não ter conseguido. Em vez de correr ao meu ritmo, optei por fazer companhia à minha chefe, seguir no ritmo dela e ir puxando por ela.

Ainda que corra o risco de alguns pensarem que foi para "dar graxa" à chefe, a verdade é que me sinto muito bem por tê-lo feito. Na corrida do Sábado passado, em que Senhor meu Pai me acompanhou, sei que só não desisti ou não fiz um tempo (ainda) pior graças a ele. E isso, para mim, teve uma importância tremenda.

Assim, numa forma de retribuir ao Mundo as boas coisas que ele me dá e de tentar equilibrar o meu karma, resolvi fazer o mesmo ontem. Era uma corrida que pouco ou nada me dizia, em que ia com o espírito de me divertir e em que não fiquei minimamente preocupada por não ter conseguido fazer o meu tempo. A chefe fez pela primeira vez 6kms sem parar e bateu, naturalmente, o seu recorde pessoal. Só por isso, valeu a pena.

Mas... Para o ano vai ser a sério. Vamos treinar a sério e vamos lutar pelo prémio de melhor outfit! E vamos conseguir!

A corrida ainda serviu para reencontrar o meu Tio que não via há anos e que não só foi o melhor da empresa dele, como fez um tempo impronunciável... Daqueles que nem nos meus melhores sonhos!...

E serviu ainda para receber uma massagem, ficar a saber que tenho uma contractura muscular na coxa direita (daí as dores na corrida anterior e no último treino), e receber um voucher para ir fazer uma sessão de fisioterapia.

Quem disse que correr fazia bem ao corpo, nunca correu na vida!...


4 comentários:

  1. Num dia damos, no outro recebemos. Sempre a aprender, esta Agridoce ;)

    ResponderEliminar
  2. Faço-te uma vénia porque aquilo que fizeste com a tua chefe é das coisas mais importantes para quem corre de forma amadora por prazer. Na equipa onde corro o lema sempre foi "o último é o mais importante" porque o objectivo é tirar pessoas do sofá e incentivar à prática do exercício físico. Há quase 3 anos fizeram isso por mim no nosso primeiro treino. Eu era estupidamente mais lento que toda a gente e o nosso "fundador" esperou por mim e foi comigo o tempo todo. Se ele não tivesse feito isso por mim eu não teria voltado para o segundo treino e continuaria a correr sozinho até, provavelmente, me fartar e desistir.

    Percebo perfeitamente aquilo que sentiste na corrida do Jumbo e aquilo que fizeste na 5a feira. Excelente atitude, parabéns! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não mereço tanto :)

      Fiz o que gostei que tivessem feito comigo, só isso. Se há alturas em que olho para a corrida de forma mais competitiva, há outras em que olho mesmo como um momento de lazer, em que os tempos pouco importam. Na próxima corrida já não vou querer esperar por ninguém porque quero mesmo fazer um bom tempo! Ahahahah :)

      Eliminar