quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Das notícias da silly season...


8 comentários:

  1. Aceito piadas sobre vegetarianos ou a ignorância refletida em acusações como "e a proteína?".
    O que me chateia são os lobbies. Ah que o leite faz crescer. Ah que a carne faz tão bem. É a indústria pecuária apoiar algum governo ou instituição e é automaticamente a melhor coisa do mundo.
    Nem sou fundamentalista, nem vegetariana, tal como tu continuo a comer peixe. Mas estas lavagens ao cérebro, não consigo deixar passar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todo o tema da alimentação é muito controverso... O leite então, dava para horas de conversa. Mas o que me choca nem é isso.

      O que eu não consigo aceitar é que se queira legislar sobre a alimentação que os pais dão aos filhos. A seguir vamos legislar sobre o número de horas que os pais deixam os filhos apanhar sol? Abrindo este precedente, o que virá a seguir?

      Eliminar
  2. Uma criança até aos 14 anos (em média) precisa de tudo, seja de origem animal ou vegetal. A partir daí não vejo porque não se possa iniciar uma dieta vegan.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não pretendo de forma alguma defender a alimentação vegetariana. Eu pretendo defender é a liberdade de escolha. Eu sei que os contornos são muito ténues, mas tem de haver uma linha que separa aquilo que é a acção do estado daquilo que são as escolhas dos pais, no que toca ao crescimento dos seus filhos. Permitimos que as crianças comam toneladas de açúcar, mas vamos proibir alimentações vegetarianas? Fará sentido?

      Eliminar
    2. Faz sentido no aspeto em que dares açucar a uma criança não é estares a priva-la de algo. Enquanto que numa alimentação vegan estás a priva-la de algo essencial. É como não dares casa ao teu filho é crime, mas dares-lhe brinquedos e mimos a mais não é. Ambos fazem mal, mas só um deles é crime.

      Eliminar
    3. É tão discutível!... Acho que podíamos estar aqui horas :)

      Em última análise, o que me preocupa mesmo é este querer legislar algo que me parece que deve ser decisão dos pais...

      Eliminar