quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Do tempo que voa...

Janeiro passou a voar. Como? Como é que já estamos em Fevereiro?

Não sei bem o que dizer de Janeiro. Só mesmo que passou depressa. Muito depressa.

Foi um mês de coisas novas. Mas também foi um mês de lidar com fantasmas antigos.

Foi um mês de descobertas, de aprendizagens, de dar e receber. Foi um mês de sorrisos, de gargalhadas, de olhares, mas também foi um mês de lágrimas.

Janeiro foi um mês com algumas decisões. Uma delas, faz hoje um mês. Outras, serão concretizadas ao longo do ano. Outras, estão ainda em suspenso por não dependerem só de mim.

Janeiro foi um bom mês. Acho. Mas passou demasiado depressa.

Fevereiro é o mês do meu aniversário. E sim, este ano faço mesmo anos. E Fevereiro vai ser também o mês em que vou voltar a viajar. Se Fevereiro quiser passar depressa até dia 26, não me oponho.

Sem comentários:

Enviar um comentário