quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Do medo...

O medo que me prende, que me bloqueia, que me imobiliza e aperta.

O medo do que pode acontecer. O medo de mais uma queda. O medo de um futuro que me parece tão incerto.

O medo do que já foi. O medo do que passou. O medo do que pode vir a ser, novamente.

O medo que combato. Todos os dias. A toda a hora.

O medo. Que ganha sempre.

12 comentários:

  1. Eu ainda me estou à procura4 de janeiro de 2017 às 13:13

    https://www.youtube.com/watch?v=ZFWyseydTkQ

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela partilha! Ainda não consegui ver, mas já guardei para ver um dia destes com a atenção que merece :)

      Eliminar
  2. O medo ganha quando não se combate. Enfrenta-o, derrota-o e segue livre de receios.

    ResponderEliminar
  3. Conheço-o tão bem e não gosto nada dele, é irracional e aparece sem ser convidado mas não é mais forte do que nós, embora ele sinta que sim, por vezes. Há que o pôr no lugar dele, na zona em que sabemos que não é real.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A dificuldade é mesmo essa: pô-lo no lugar dele... Mas lá chegaremos :)

      Eliminar
  4. Desejo-te um Feliz Ano novo..sem medos. Não deixes que o medo paralise os teus movimentos, se tens algo para fazer, faz, mesmo que tenhas medo.

    Nuno

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Nuno! Igualmente :) Assim tentarei!

      Eliminar
  5. Isso está mesmo a pedir que te responda com uma música. Só que não...

    Coragem, sempre!

    ResponderEliminar