terça-feira, 21 de julho de 2015

Das dietas...

Não é fácil, isto de querer emagrecer.

Ao fim de quase um mês, perdi cerca de um quilo. Nada de jeito, portanto. Se vir as coisas pelo lado positivo, dado que só queria perder dois quilos, consegui 50% do objectivo mas... Não é suficiente.

A verdade é que pelo meio houve aniversários, jantaradas, um baptizado, mais jantaradas e almoçaradas...

Tenho feito um grande esforço durante a semana, para poder compensar a desgraça dos fins-de-semana. Acabaram-se os gelados (e outras sobremesas) à hora de almoço. Acabou-se o chocolatinho depois de jantar. Acabaram-se os doces em geral durante a semana. Reduziram-se os hidratos de carbono ao essencial (pequeno-almoço e, por vezes, ao lanche). Porto-me (quase) lindamente.

Os fins-de-semana é que são a desgraça!... É a comida, é a bebida, são os doces, é o pão com queijo... Tenho de ser mais forte e não sei como.

Ideias milagrosas?

6 comentários:

  1. Uma vez mais não venho ensinar nada nem dizer nada de novo e até pode ser enfadonho, mas como tenho tendência a engordar mas estou com o peso normal acho que tenho algum conhecimento de causa para a firmar que:

    1- Não há milagres neste campo...há bom senso (ou não)
    2- Fazer dieta é o maior dos erros (há que aprender a comer correctamente...não é preciso grandes sofrimentos)
    3- Pode comer-se quase tudo... desde que não se exagere...lá está
    4- Tanto quanto o tipo de alimento que se come os horários em que o fazemos têm importância
    5- Emagrecer rapidamente e muito é errado e péssimo para a saúde
    6- Algumas combinações também
    7- O trigo é veneno e o açúcar também. Ainda assim não é preciso ser radical.
    8- A gestão emocional e o sistema nervoso têm uma relação gigantesca com tudo isto (embora seja quase inconsciente).

    Perserverança e MUITA paciência para esperar resultados lentos são imprescindíveis.

    Nada de novo, portanto, mas a única coisa que posso garantir é que eu própria tenho tudo isto em atenção e... tenho 1,50m e peso 48 Kgs.

    Boa sorte e nada de desanimar por isso sim...atrapalha e muito.

    ResponderEliminar
  2. Bolas...reli o texto e está cheio de erros de digitação (unhas compridas dá nisto). Desculpaaa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahah! Não penses nisso :)

      Obrigada pelo que escreveste. Acho que devemos ser parecidas, então. Eu tenho 1,58m e 52kgs. Não estou obesa, nem gorda, sequer. Mas meti na cabeça que queria chegar aos 51kg e não tem estado fácil.

      Eu tenho o bom senso, eu tento comer correctamente mais do que fazer dieta, como com muita frequência (os problemas de estômago a isso obrigam), cortei no açúcar (só excepcionalmente e só aos fins-de-semana), só como pão integral/escuro e introduzi recentemente a aveia na alimentação, sendo que nunca como hidratos à noite e, mesmo ao almoço, é raro.

      Ainda assim, não está fácil! Eu sei que a solução passa por aumentar o exercício físico, mas a verdade é que com este calor, a vontade de ir correr é nula...

      Vou continuar a tentar e logo se vê :)

      Eliminar
  3. Ora aqui vai uma, ...faz o mesmo e puff vai se embora mais um kg :D
    Manda embora um de cada vez.

    Força!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E força de vontade para isso? É difícil quando se está um mês em "regime" para ver tão poucos resultados... As férias foram uma desgraça, mas vamos ver :)

      Eliminar
    2. Falo por experiência própria, vai a pouco e pouco, e vai buscar força onde puderes. nem que te sirvas dos elogios :D

      Já te disse que estás mais jeitosa assim? :D

      Força!

      Eliminar