domingo, 9 de agosto de 2009

Várias considerações... - Parte II

Gostava de sair do trabalho, chegar a casa, e ir acabar de arrumar o escritório. Mal posso esperar por vê-lo acabado! Mas acho que vou chegar, vou tomar um banho e vou aterrar no sofá com a Lady...

Pior do que as dores nos ouvidos e na garganta são as dores nas costas. Já não sei mais o que lhes fazer, e os comprimidos não fazem efeito. Claro que estar sentada nesta cadeira há mais de 7 horas não ajuda, mas quanto a isso não posso fazer muito. Quero o sofá!!!

A noite de ontem passou-se melhor. Tirando o facto de a dona Lady ter achado que o ursinho (um dos bonecos dela) tinha frio e tinha de dormir connosco. E mais, além de dormir connosco, o ursinho precisou de ser aquecido, pelo que ela andou a saltar e a rebolar em cima da cama (e, consequentemente, de mim) com ele. Eu bem a achei muito agitada, mas só hoje de manhã percebi que tínhamos tido companhia. É uma querida a minha gata. Como não tenho o noivo, ela traz-me um substituto. O que mais se pode pedir?

E tenho um galo. Sim, um galo. Daqueles que as crianças fazem. Eu resolvi que queria ser criança outra vez, e tenho um galo. Um galo muito chato, que não canta às seis da manhã, mas que me impede de encostar a cabeça seja onde fôr, mas sobretudo ao enconsto de cabeça do carro. Eu fiz gelo e tudo, mas o galo cá ficou. Espero que não por muito tempo...

2 comentários: