segunda-feira, 17 de abril de 2017

Do que eu quero mesmo...

Sempre aquele aperto no peito. Sempre a mesma vontade de fugir. Sempre a falta de ar por mais que tente respirar.

Tenho medo. Muito medo. E quero fugir.

Não me apetece correr riscos. Não quero.

A perfeição assusta-me. Aterroriza-me, diria mesmo. Nada pode ser assim tão perfeito. Nada pode correr assim tão bem. Sou um elefante num palácio de cristal. Sei, tenho a certeza, que a qualquer momento, tudo não passará de uma montanha de estilhaços. Tenho uma fé tremenda na minha capacidade infinita de fazer disparates. E tenho igualmente fé na minha tendência para atrair coisas más para a minha vida.

Doze anos no ensino secundário, mais quatro anos de licenciatura, mais dois anos no primeiro mestrado, e a caminho de mais um ano no segundo mestrado. Quase 19 anos a estudar e não me ensinaram o mais essencial de tudo: a ser feliz.

Não sei o que é isso de ser feliz. Isso de aproveitar as coisas boas. Não me disseram o que é isso de simplesmente aceitar que a vida também pode ter coisas boas.

Não me ensinaram nada disso e agora eu não sei o que fazer. Não sei lidar com o que de bom tenho à minha volta. E quero fugir.

Só isso. Fugir.

Porque tenho a convicção absoluta de que tudo o que vier a seguir será mau. Muito mau. Depois disto, nada poderá ser melhor. E eu fujo. E eu fujo porque quero cristalizar no tempo os bons momentos. Quero só ter bons momentos. Não quero chegar aos maus. Quero que isto acabe aqui, enquanto tudo é bom. E quero fugir.

Só isso. Fugir.

4 comentários:

  1. Sinceramente, sinceramente? Tens que encontrar alguém que, contra todas as tuas paranoias te mostre o contrário. Eu encontrei essa pessoa aos 27 anos. Hoje tenho 44 e continuamos juntos.

    ResponderEliminar
  2. Não se aprende a ser feliz na escola. E ter partes más faz parte, um dia, olhas para trás com saudade ou tristeza ou até com um sorriso nos lábios...
    Ser feliz depende de ti, depende como encaras a vida e de quem te rodeias... Não é impossível :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é impossível ser feliz, pode é não ser fácil saber lidar com isso :)

      Eliminar