segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Do ar que me falta...

Gosto deste acordar lento, do saber que estás ali, do sentir o teu calor junto a mim.

Não gosto deste aperto no peito, desta falta de ar, do não saber por quanto tempo ali estarás.

Gosto do que me fazes sentir, do que me dizes, do que não me dizes mas que me deixas adivinhar.

Não gosto desta ansiedade, deste medo, deste nó na garganta.

Gosto de ti.

Não gosto de não saber lidar com isso.

Desculpa.

10 comentários:

  1. Entendo. Demasiado bem.
    Não penses muito. Vive.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se entendes demasiado bem, entendes também que não é fácil :)

      Eliminar
    2. Oh se entendo. Até diria virtualmente impossível. Para mim.

      Eliminar
    3. Não há impossíveis. E tu sabes bem :)

      Eliminar
    4. Dizem que sim mas algumas coisas são por demais complicadas para se poder lidar.

      Eliminar
    5. Se não fossem complicadas, não teriam piada...

      (cansam tantos clichés, não é verdade?)

      Eliminar
    6. De que adianta terem piada se estiveres demasiado desgastada para as aproveitares?

      Se cansam...

      Eliminar
    7. Andas demasiado trágico, outra vez...

      Eliminar