segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Do que me apetece...

Apetece-me perder o controlo. Apetece-me ligar-te. Apetece-me gritar contigo. Apetece-me abanar-te. Apetece-me dizer-te tudo o que não te disse. Apetece-me pedir-te que ultrapasses o que quer que seja que te bloqueia. Apetece-me saltar contigo para este abismo que é tão nosso. Apetece-me correr este risco contigo. Apetece-me perder-me contigo. Apetece-me tentar. Apetece-me correr o mundo com as minhas mãos nas tuas. Apetece-me ficar enroscada nos teus braços. Apetece-me deixar de lado todos os medos e dúvidas. Apetece-me ser egoísta.



Apeteces-me.

4 comentários:

  1. Por quem sois, cara Senhora. Se vos apetece, pois então, vos seja feita a vontade.
    Não estejas é à espera que ele adivinhe que queres arriscar...

    ResponderEliminar
  2. Falta-te um Ambrósio que tome a liberdade de pensar nisso, Senhora?

    https://youtu.be/Ck5ar-1e8NY

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha, isso é que era! Conheces algum disponível? :)

      Eliminar