sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Das mudanças que não mudam nada...

Este blogue vai mudar. Não sei se vai mudar por muito ou por pouco tempo. Se por um ano, um mês ou uma semana, apenas. Vai mudar enquanto me apetecer que mude.

Vai ter menos posts. Ou vai ter mais posts. Não sei.

Vai ser menos eu. Vai ser mais eu.

Vai ser mais conteúdo. Vai ser mais devaneio.

Vai ser menos vida. Vai ser mais sonho, memória, reflexão.

Vai ser o que me apetecer que seja em todos os dias em que me apeteça aqui vir e enquanto me apeteça aqui vir.



A minha vida é um vendaval que se soltou. 
É uma onda que se alevantou. 
É um átomo a mais que se animou... 
Não sei por onde vou, 
Não sei para onde vou 
- Sei que não vou por aí! 

José Régio - Cântico Negro

9 comentários:

  1. Vai mudar e a gente vai cá estar, prontos! :)

    ResponderEliminar
  2. Pois que seja o que for melhor para ti, com mais ou menos actividade no blog, com mais ou menos conteúdo pessoal, com mais devaneios ou com mais factos concretos. Os seguidores, esses, não mudam. Continuam à tua janela ;)

    ResponderEliminar
  3. Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
    Muda-se o ser, muda-se a confiança:
    Todo o mundo é composto de mudança,
    Tomando sempre novas qualidades.

    Continuamente vemos novidades,
    Diferentes em tudo da esperança:
    Do mal ficam as mágoas na lembrança,
    E do bem (se algum houve) as saudades.

    O tempo cobre o chão de verde manto,
    Que já coberto foi de neve fria,
    E em mim converte em choro o doce canto.

    E afora este mudar-se cada dia,
    Outra mudança faz de mor espanto,
    Que não se muda já como soía.

    Luís Vaz de Camões, in "Sonetos"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela partilha :) Tudo muda, sempre :)

      Eliminar
  4. Que a mudança traga desenvolvimento, descoberta e desafio. Que te traga diferente mas sempre igual. Que tudo mude mas que te traga. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que me traga enquanto me apetecer ser trazida :)

      Eliminar
    2. Sempre. Nunca por obrigação. ;)

      Eliminar