domingo, 4 de setembro de 2016

Das férias em Moledo em palavras...

As férias em Moledo correram bem. Muito melhor do que estava à espera, confesso.

Há já alguns anos que não fazia férias assim: uma casa gigante e um grupo de amigos (que não eram os meus amigos), nalgum sítio perdido neste belo país à beira-mar plantado.

Os dias dividiam-se entre a praia, o rio e a piscina, e as noites entre os bares, as conversas e os jogos. 

Descobri uma nova paixão: o karaoke (passou-me uma carreira ao lado, quer-me parecer). Ri-me muito. Conheci pessoas novas. Dancei muito. Aprendi muito. Fiz coisas novas. Voltei a andar de barco. Vi muitas estrelas e ensinei constelações. Fiz muitas panquecas. Fotografei. Fui fotografada. Comi muito. Vivi. Fui feliz.

Mas estas férias deviam ter servido, também, para organizar ideias e tomar decisões. Mas não. Continuo na mesma. A chegar às mesmas conclusões. Com as mesmas dúvidas.



É tão bom isto de ser crescida e poder fazer o que me apetece... Mas é tão difícil saber o que me apetece!...

9 comentários:

  1. Se ficaste fã de karaoke, tens aqui uma coisa ainda melhor. Ora dá uma vista de olhos: http://ultrastar-es.org

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, estás a caminho de te transformares numa daquelas japonesinhas doidas por karaoke :P

      Eliminar
  2. Relaxa e vive sem a pressão de te forçares a encontrar uma solução que efetivamente te retira a capacidade de decidir com clareza. Essa clarividência chegará a seu tempo.

    ResponderEliminar
  3. https://youtu.be/xGytDsqkQY8

    "Closing time, every new beginning
    Comes from some other beginning's end"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se não é o caso, já cá não está quem falou. :)

      Eliminar
    2. Não tem a ver com ser ou não o caso. Tem a ver com achar que um começo não tem necessariamente de vir de um fim :)

      Eliminar