terça-feira, 5 de julho de 2016

Dos motivos pelos quais fazemos o que fazemos...

Será que importam?...

Será que faz sentido este meu questionar sobre os motivos certos ou errados? O que é o certo? O que é o errado?

Por que razão é que tenho medo de estar a fazer isto pelos motivos errados? Quais serão os motivos certos? E quem sou eu para dizer que estes são os errados?

Interessam os motivos? Ou o que interessa verdadeiramente é onde chegamos? É a própria viagem que fazemos?

Nisto de viver, o que é que interessa mesmo?

1 comentário:

  1. Nisto de viver, o que é que interessa mesmo?
    Ser feliz.

    (Sim, eu sei que não é assim tão simples.)

    ResponderEliminar