terça-feira, 3 de maio de 2016

Da falta de ar de um destes dias...

Foi um dia difícil, sabes?

Comecei o dia com uma dor de cabeça. Tive uma reunião demasiado cedo. O tempo parou e custou muito a passar.

Senti-me perdida todo o dia. Senti um aperto no peito, um nó na garganta. Queria respirar e não conseguia.

Não te sei explicar o porquê de estar assim. Não sei. Mesmo.

Mas foi um dia terrível. Um daqueles dias em que precisamos de um abraço. Precisamos de colo. Precisamos que o dia acabe.

Cheguei a casa e tudo o que me apetecia era chorar. Chorar muito.

Não. Já te disse que não sei porquê.

Sim, é possível sentir-me assim sem motivo aparente.

No fundo, sabemos os dois porque me sinto assim. Tu sabes. Eu sei. 

Sim, eu sei que passa. Mas, enquanto não passa, há dias que também não passam, sabes?

Sim, tens razão. Mas há dias mesmo difíceis, sabes? São só alguns. Mas há.

Eu sei.

Sem comentários:

Enviar um comentário