sábado, 30 de abril de 2016

Dos desafios de escrita – Day 1 – The Crowd Cheers!

Pouco passava da meia-noite e tinha o coração a mil. Não sabia se queria rir ou chorar. A descarga de adrenalina era tremenda. À sua volta, sorrisos e parabéns. Uma cadeira. Um copo com água. Um inspirar profundo e o assimilar de tudo o que acontecera nas últimas horas.

Tinha acabado de dar o seu primeiro concerto. O seu primeiro concerto de piano. Para uma sala cheia. Muito cheia de familiares e amigos, é certo. Mas cheia. E a sensação era avassaladora. Tinha conseguido. Tinha sido capaz. Não tinha falhado. Não se tinha enganado. Como que por milagre, como que se inspirados por uma força divina, os dedos tinham percorrido as teclas daquele Steinway sem hesitações. Como se as conhecessem desde sempre. Nem sempre é assim com os pianos. São sensíveis, temperamentais, não se deixam tocar por quaisquer dedos. Mas, naquela noite, a simbiose entre os seus dedos e aquelas teclas, fora perfeita.

Depois de trocar de roupa, de arrumar os poucos pertences numa mala e de pegar no ramo de flores que lhe ofereceram, saiu do camarim e despediu-se dos poucos que ainda circulavam nos corredores. Ao chegar à rua, o inesperado: família e amigos à sua espera, com estrondosos aplausos. Naquele momento foi claro: queria chorar. Chorar muito. Lágrimas de alegria. Lágrimas de alívio. Tinha conseguido mas tudo aquilo só fazia sentido se partilhado com aquelas pessoas. As suas pessoas.

5 comentários:

  1. Descobri o teu blog por acaso e deixa-me dizer-te que és mais um exemplo da existência de talento na blogosfera portuguesa. E ainda há quem duvide do futuro deste país. Parabéns! I'll keep an eye on you! ;)

    ResponderEliminar
  2. Gostei muito do teu post ;)e também me inscrevi mas ainda não consegui escrever nada, acho que a parte da escrita é fundamental :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu inscrevi-me em Janeiro, e demorei 4 meses a pegar nisto :) Força!

      Eliminar
    2. Ok, ganhaste na demora em começar :p

      Eliminar