sábado, 19 de março de 2016

Do meu estado actual...

Em pânico com a meia.

Já vi e revi o percurso. Aliás, nos últimos dias, quando ia e vinha no comboio, não fiz outra coisa senão olhar para o percurso e pensar como é que ia fazê-lo a correr... Mas, por outro lado, ontem vi a meta que já está montada e fiquei de sorriso parvo na cara.

Hoje também já vi e revi o plano dos postos de abastecimento e li vários artigos sobre alimentação e hidratação antes, durante e depois de uma meia-maratona. O que comer? O que beber? Quando? Como?... É toda uma ciência que me transcende!... Ando aqui numa análise profundíssima para tentar perceber as minhas reais necessidades para não beber demais nem de menos durante a prova... É fácil entusiasmarmo-nos com tanto abastecimento e tanta coisa à nossa disposição, mas a última coisa que quero é fazer os últimos kms aflita para ir à casa-de-banho... Bem, se calhar, até corria mais depressa. Mas prefiro não experimentar!...

Também não sei o que vestir. O drama. O horror. Calções? Corsários? Meias azuis ou rosa? Que camisola levar, sabendo que o objectivo é deixá-la abandonada na partida? E se chove? Ai, se chove!... Nunca corri com chuva. Na Lezíria caíram umas pingas, mas nada do outro mundo. Se chove a sério, não sei como vai ser... Levo alguma coisa para me proteger da chuva? Ou só me vai atrapalhar?

No meio deste caos mental há uma coisa que está certa e definida: a playlist. Ainda assim, se quiserem acrescentar sugestões, estão à vontade!

Amanhã a esta hora espero estar a rir-me de todo este drama e disparate!...

Sem comentários:

Enviar um comentário