terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Das minhas noites...

Continuo sem conseguir dormir. A noite passada foi particularmente má. Não me lembro quando foi a última vez que dormi mais do que três ou quatro horas seguidas. Ando cansada. Sem cérebro. Hoje acordei com uma neura e um nível de rabugice a ultrapassar todas as escalas. Sei que isto me consome. Que dá cabo de mim. Que não posso continuar assim muito mais tempo. Só não sei bem o que fazer. Há dias falava com um recém-amigo que é médico que me dizia que provavelmente isto está associado a algum estado ansioso. Que posso tomar comprimidos para dormir mas que se não resolver o que está a provocar isto, não vai adiantar nada. Pois. Obrigada. Que há excesso de ansiedade na minha vida já eu sei. Não sei é bem o que fazer com ela.

Mas um dia hei-de descobrir.


9 comentários:

  1. Tenho tomado melatonina e ajudou muito. A minha fonte de ansiedade e noites mal dormidas continua a moer...mas tenho dormido melhor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Ângela. Vou investigar :) Para já, tenho fugido de tomar o que quer que seja, mas já lá vão uns meses e sei que não posso continuar assim.

      Eliminar
  2. A ansiedade também é uma parceira constante... Não evito ao máximo tomar medicação mas por vezes é inevitável. Eu deixei o café e chá verde e ajudou muito. Técnicas de respiração e o exercício foram fundamentais para equilibrar as coisas. Agora também deixei tudo descambar, mas lembro-me destes pequenos truques e ajudam. Se não forem o suficiente, toma algo, controla os nervos e depois poderás analisar melhor as causas. Mas faz por dormir, a falta de sono é do pior...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei. Tenho dias em que não consigo mesmo funcionar. Esta semana tem sido complicada... Eu só bebo um chá verde de manhã. E disso acho que não consigo abdicar, dado que como não durmo ando estilo zombie :) Mas hei-de experimentar as técnicas de respiração, talvez a meditação ou assim... Obrigada :)

      Eliminar
  3. Evito ao máximo e não "não evito ao máximo" ;)

    ResponderEliminar
  4. Been there, done that por meses, para não dizer anos, acho que não tenho um sono constante na vida "adulta", a minha causa também é ansiedade. Cheguei ao limite e procurei um médico especialista do sono. Agora durmo sempre com medicação adequada e a verdade é que já devia ter deixado, mas dormir é tão importante (e bom!).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, dormir é mesmo fundamental! Eu sou um bocadinho céptica com a medicação... Já houve uma altura em que fiz medicação, mas não resultava. Eu sei o que provoca isto, e não é nada que a medicação possa resolver, por isso, acho que só ia mascarar o problema. Mas ainda bem que resulta para ti :)

      Eliminar
    2. Não quero estar a defender a medicação até porque não funciona igual com toda a gente, mas isto da ansiedade e falta de dormir é uma pescadinha de rabo na boca. Eu tb era (sou) resistente e continuo a evitar tudo o que seja medicação, mas teve mesmo que ser

      Eliminar
    3. Sim, é verdade... É um ciclo sem fim, em muitos casos!... Quanto menos dormimos, pior ficamos, quanto pior ficamos, menos dormimos... No meu caso, e no meu caso apenas, resolvendo o que provocava a ansiedade, e fazendo mais algumas coisas, as noites melhoraram. Mas também concordo que há casos em que só mesmo com a medicação e, aí, sou completamente a favor!

      Eliminar