sábado, 5 de dezembro de 2015

Do Natal...

Este ano o Natal não vai ser fácil, já se sabe.

Depois de muitas hesitações, decidi que não ia fazer árvore de Natal. A casa é pequena e não me apetecia estar a gastar dinheiro e a comprar tudo, para depois montar a árvore sozinha. Achei que seria demasiado deprimente e desnecessário.

Mas, em sintonia com o meu estado de espírito muito instável nos últimos tempos, mudei de ideias. Depois de procurar alguma inspiração, lá me decidi. E fiz a minha árvore de Natal:


E fi-la sozinha. E não foi triste nem deprimente. Foi um processo muito engraçado, que me deixou de sorriso nos lábios. Gosto mesmo do resultado. E, mais uma vez, concluo que fazer algo que não queria pode ser, por vezes, mesmo o melhor.

8 comentários:

  1. Ás vezes o que custa mesmo é começar porque pensamos que vai ser triste e enfadfonho. Depois, á medida que vamos fazendo as coisa, vemos como podem ser interessantes. É esta a tua árvore de Natal?

    ResponderEliminar
  2. eu decidi que nao ia fazer e nao me vejo a mudar de ideias... vamos a ver *

    ResponderEliminar
  3. Está muito gira mesmo! ;) ainda bem que fizeste. beijinho

    ResponderEliminar