segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Do meu estado actual nesta segunda-feira de chuva...

Fim-de-semana no campo. Tranquilo qb. Não corri. Continuei demasiado constipada e sem conseguir respirar. Hoje vou sofrer a dobrar. Comi. Muito. Peixe, marisco, bolos e bolinhos. Fiz (e bebi!) vinho quente. Dormi alguma coisa. Encontrei-me em Tomar com a BFF que já regressou lá de onde estava emigrada. Estou a gostar muito do All the Light We Cannot See. Conduzi um carro automático e mantenho a minha opinião: é estranho não ter de fazer nada. Pensei e repensei o caos da minha vida. Preciso de um par de estalos. Compliquei o caos. Duplamente. A Agridoce emocional está a ganhar à Agridoce racional. E não pode ser. Tomei decisões. Ou melhor, cedi a impulsos. Já me arrependi. Tenho três dias para decidir a minha vida. Devia deixar a vida em suspenso nestes três dias e dedicar-me a pensar. Mas não. Vou complicar tudo ainda mais.  Apetece-me enfiar-me num avião e voltar em 2016. Seria tão mais fácil fugir de tudo e não ter de decidir nada. Preciso de um par de estalos, já disse? 

4 comentários:

  1. Podíamos juntar-nos as duas, partilhávamos o avião e fugiamos por aí fora! ;)

    ResponderEliminar
  2. Pois...às vezes tudo o que precisamos é mesmo de um par de estalos para ver se acordamos do marasmo em que nos encontramos. Não to darei, apenas te direi, se quiseres aproveitar, que a vida não pára e que as decisões têm de ser tomadas, para o mal e para o bem.

    ResponderEliminar