quinta-feira, 28 de maio de 2015

Da vida de adulto...

Ser adulto é... Ter de aguentar um trabalho de que não se gosta porque é a coisa certa a fazer.

Sim, nem tudo é mau. Não, o sentimento não é o mesmo todos os dias.

Há dias toleráveis. Há dias em que não penso nisso.

Mas há dias em que estou mesmo farta daquela treta toda e só me apetecia bater com a porta.

Nesses dias, como hoje, é respirar fundo, contar até 137, e focar-me nas razões muito lógicas que me fazem continuar lá.

3 comentários:

  1. Como reconheço o sentimento... Nos meus 20s andei a saltitar de emprego com alguma frequência, não pagava contas e podia dar-me ao luxo de mudar sem me preocupar com a estabilidade. Apesar de ter tido alguma sorte no mundo laboral, se hoje me visse sem trabalho, por muito farta, exausta e saturada, ficava perdida. Caraças, como podemos sentir-nos assim com uma coisa mas mesmo assim não queremos encarar um possível fim?

    Bem, serve o lado positivo de hoje ser sexta-feira. Finalmente! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E hoje já é segunda outra vez... Ahahah! O ciclo não pára :)

      Enfim, ser crescido (apesar de ser o dia da criança) é tomar decisões e lidar com elas. É o que tento fazer.

      Eliminar
    2. Assunto que já temos falado... É isso. Aguenta e não chora. Mas há em dias em que é preciso respirar fundo até 500, e por vezes não chega.
      Um beijo grande e pensamento positivo. Melhores dias virão.

      Eliminar