domingo, 20 de julho de 2014

Do meu fim-de-semana...

O meu fim-de-semana foi passado no campo. A apanhar ar, a respirar pureza, a descansar e a relaxar? Não. Obviamente que não. Foi passado enfiada em casa a pintar paredes. Não é fabuloso?

Como não cheguei cansada que chegue, ainda me agarrei ao computador e estive a trabalhar um bocadinho. A tentar inventar maneiras miraculosas de convencer as pessoas a abrirem a newsletter lá do estaminé. Não é ainda mais fabuloso?


Ah! Como a minha vida é fantástica!...