segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Das coisas que me perturbam...

Se há coisa que me faz confusão, é o cinismo. Palavra que é. Podia ser a burrice, a incompetência, a indiferença, a altivez. Mas não. É o cinismo.

É o usar-se falinhas mansas para enganar os outros. É o sorriso forçado. É a simpatia exagerada. Tudo com um propósito. Tudo com um objectivo. 

Faz-me confusão, pronto. Prefiro que digam de mim que tenho mau feitio, que estou sempre a refilar, que sou fria e fechada, que sou antipática, até. Mas, pelo menos, não faço sorrisos por saber que me vai dar jeito, não cultivo pseudo-amizades para disso tirar algum proveito.

Isto revolta-me as entranhas. Mesmo. Fisicamente deixa-me mal-disposta. Sobretudo em casos que me tocam, sobretudo quando o fazem com as minhas pessoas.

Deixai-me ter mau feitio. Deixai-me ser rabugenta. Mas sabereis sempre com o que podes contar daqui.