terça-feira, 6 de agosto de 2013

Do que eu mereço...

(contextualizando: TPM no seu auge, auto-estima nos mínimos)

Ontem, depois do trabalho, encontrei-me com o respectivo no centro comercial mais perto de casa, para comprarmos mais um balde de tinta.

Cruzámo-nos com uma colega dele.

Mandou-me agora mensagem a dizer que a colega lhe deu os parabéns e que não sabia que ele ia ser pai.

...

Vamos lá ver. Eu não estou assim tão gorda. Não estou. A última vez que me pesei tinha 52kgs. Mesmo que, na loucura, nas férias tenho engordado um ou dois (que até não creio, mas vamos fingir que sim), não estou exactamente lontra. É difícil ser lontra com cinquenta e poucos kilos.

Já sei que toda a gente quer que eu tenha filhos. Já sei.

Mas, senhores, eu ontem estava apenas e só inchada. Inchada. Talvez do leite que bebi de manhã (anda por aí uma nova teoria acerca disso e eu começo a achar que é verdade), provavelmente da TPM, certamente da prisão de ventre que me assola nestas alturas.

Mas não estou grávida.

5 comentários:

  1. As pessoas são tão inoportunas. Realmente !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu já deixei de me pronunciar sempre que acho que uma mulher está com "barriguinha"... Mais vale estar calada :)

      Eliminar
  2. Já vinha lançada dar-te os parabéns! eheheheh
    Olha nem me fales, tenho andado assim, super inchada, e quem me vir
    também há-de pensar que vive aqui uma criança dentro. mas não...

    Quando ficares grávida, avisa.
    Beijo Grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahah! Não vai acontecer tão cedo :)

      Beijinho!

      Eliminar