quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Do mundo de trabalho...

Já em casa, depois da entrevista.

Fiz a primeira entrevista na Terça-Feira, correu bem. Ao final do dia, ligaram-me a dizer que era uma das três seleccionadas para a fase seguinte. A segunda entrevista foi hoje.

Correu bem, acho. É um emprego da treta, que não tem nada que ver com a minha área e, por isso, foi difícil convencer a pessoa que me entrevistou hoje de que era o emprego certo para mim. Mas é. É um emprego. Tem um contracto. Tem um ordenado. Tem um horário. Tem estabilidade e segurança. E é disso que eu preciso.

Por muito que eu goste da minha agenda dinâmica e em constante movimento, também não me importava de, uma vez na vida, ser como as pessoas normais e ter um emprego de Segunda a Sexta. 

Agora, resta esperar para ver.

Entretanto, durante a entrevista, a pessoa que me entrevistou disse-me que a irmã estava à procura de uma pessoa com as minhas características, para um trabalho na minha área. A minha vontade foi pedir-lhe que lhe entregasse o meu CV. Contive-me, mas com a secreta esperança de que ele se lembre disso... Ou não. Nem sei.





(Ligaram-me agora mesmo a dizer que passei à próxima fase... Amanhã, testes psicotécnicos.... Medo.)

Sem comentários:

Enviar um comentário