sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Do nosso Estado...

O problema do nosso Estado, não é do nosso Estado. É nosso. Apenas e só.

Precisava de arranjar uma pessoa para trabalhar hoje. Não é mal pago, não se faz grande coisa, e, regra geral, é um trabalho que toda a gente gosta de fazer e que muita gente nos pede para fazer.

Pois que não arranjei ninguém. É a crise, e o fim do mundo, e os subsídios, e não há dinheiro para nada, e tudo e tudo e tudo, mas é sexta-feira à noite e trabalhar está quieto.



Com mentalidades assim, não há políticos que nos safem. Sejam bons, sejam maus. Não há milagres enquanto não houver um reset a estas mentalidades da treta (com M grande).

8 comentários:

  1. Então, mas o pessoal anda agora a tirar cursos para trabalhar à sexta à noite, queres ver? :|

    ResponderEliminar
  2. Ainda há bocado o P. me estava a dizer que um amigo dele se queria ir inscrever numa fábrica aqui da zona, mas que depois pensou melhor e adiou uma semana.. não o fossem chamar logo e ele depois não podia ir ver o 24h de Fronteira. Sem comentários, mesmo.

    ResponderEliminar
  3. MSG: exacto. Sem comentários. Hoje estou com o mesmo problema, falta-me uma pessoa para ir trabalhar e ninguém quer. Está tudo rico e eu não sei... Beijinho :)

    ResponderEliminar
  4. É mesmo esse o problema do nosso país, está repleto de langões!

    ResponderEliminar
  5. Menina M: em Lisboa, interessa-te? Se sim, manda mail :)

    ResponderEliminar