segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Das chuvas que tardaram mas não falharam...

Ontem, pela primeira vez, eu e Dom Coche enfrentámos chuvas a sério. Chuvas torrenciais. E vento, muito vento. Fiz o trajecto de Sintra até à outra ponta de Lisboa com o volante numa mão e o coração na outra.

Acidentes, carros avariados, muitos lençóis de água, muito lixo, muitas folhas e ramos de árvores.

Mas Dom Coche portou-se bem e superou a prova de resistência à chuva. Nada mau, nada mau.



Agora, resta ir desencantar as botas e arrumar as sandálias e as havaianas...

Sem comentários:

Enviar um comentário