sábado, 25 de julho de 2009

The Juicy Salif


Desde que descobri esta peça na loja Area que tenho andado a namorá-la. Faz parte, inclusivamente, da nossa lista de casamento, apesar de eu ter sérias dúvidas que alguém a vá escolher como presente. Se o C. não percebe bem porque eu a quero, os outros também não devem perceber.

Mas eu quero esta peça. E se não nos for oferecida, então eu vou oferecê-la a mim mesma. E ela até nem é cara (bom, depende do ponto de vista). Quem tenha estudado Teoria do Design talvez perceba um pouco melhor este meu desejo.

Esta peça, de nome Juicy Salif, foi desenhada em 1990 pelo designer Philippe Starck, um dos grandes nomes do design actual. Como se tem dito, nem todos os espremedores foram feitos para espremer, e este é um desses casos. Como o próprio Philippe Starck terá dito "My juicer is not meant to squeeze lemons; it is meant to start conversations".
Esta peça é um ícone do design industrial e do design contemporâneo, misturando a funcionalidade com a estética (que é, hoje em dia, fundamental).

Há quem veja nela uma aranha, mas também há quem veja nela um verdadeiro alien, saído dos melhores filmes de ficção científica. Segundo o fundador da companhia Alberto Alessi, Starck ter-se-à inspirado numa lula, para criar esta peça.

E vocês, o que vêem?

2 comentários:

  1. Parece-me uma aranha...
    passa pelo meu blog e deixa um comentário com a tua opinião, pode ser?
    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. As aranhas bem que queriam ser assim: bonitas e elegantes :)
    Vou lá passar, sim!

    ResponderEliminar